Domingo

Videoinstalação em dois canais | COR | SONORIZADO | 25′ | 2018 [INÉDITO]

 

Essa videoinstalação de dois canais faz parte de um projeto documentário de narrativa transmídia sobre a Família Stronger, um coletivo LGBTQIA+ da periferia de São Paulo. Filmado em um único dia, o trabalho transita de um almoço de família a uma conturbada manifestação de rua na semana do impeachment de 2016.

Na primeira parte do filme, as interações e diálogos revelam as dinâmicas de parentesco que operam dentro desse coletivo. Os Strongers constroem relações alternativas de parentesco quando vistas a partir de concepções hegemônicas de família que, nas tradições euroestadunidenses, são fundamentalmente marcadas pela ideia de consanguinidade. No lugar do sangue como símbolo que estrutura as relações, esses grupos formam comunidades e coalizações que são, ao mesmo tempo, afetivas e políticas.

Na segunda parte, os Strongers levam o espectador para uma importante manifestação de rua, que marca o conturbado cenário político do Brasil. Apesar dos protestos serem uma constante no dia-a-dia de uma cidade grande, as cenas mostram tanto uma mobilização social de grande porte como também a truculenta resposta do estado e da polícia para reprimir o legítimo direito dos manifestantes.